Let's Paris no Instagram

2019 - Lets Paris - Dicas de Paris - Todos os direitos reservados

Let's Paris

Colmar: uma cidadezinha encantadora!

25.10.2016

 

Cheguei ontem à noite da Alsácia e já estou aqui no computador colocando todas as minhas dicas no papel (ou melhor, na telinha)! Isso porque gostei tanto dessa cidade que estou ansiosa para dividir todos os detalhes com vocês.

 

Colmar é uma cidade na Alsácia (perto de Strasbourg e da fronteira alemã). É uma cidade bem pequena, e seu centro histórico é menor ainda! Passamos dois dias e duas noites na cidade, mas poderíamos ter visto (quase) tudo em apenas um dia.

 

Como chegar

 

Carro:

 

Nós gostamos de viajar de carro. Assim temos mais liberdade para conhecer outras cidades no caminho, parar quando quisermos e rodar pela Alsácia sem compromisso com horário de trem.

 

A viagem de carro leva em torno de 5h30 para uma família normal. Como nós viajamos com duas crianças pequenas, nossas viagens sempre duram mais do que o tempo nominal.

 

Na ida ficamos cansados e resolvemos parar para dormir e continuar no dia seguinte. Para quem decidir fazer isso, sugiro que procurem um hotel Ibis (ou o mais barato Formule 1). Eles estão presentes pela França inteira e costumam ser bem baratos. Afinal de contas, ninguém precisa de luxo só para dormir algumas horinhas né? ;)

 

Dessa vez o Formule 1 estava lotado e tivemos que deixar 82€ no Ibis, mas tá valendo...

 

Colocamos no GPS a escolha por fazer o caminho sem pedágios. Essa escolha é perigosa – sempre compare o tempo total de viagem! Mas nesse caso vale a pena: a diferença de tempo total de viagem foi de apenas 10 minutos.

 

Se for de carro, tente viajar de dia pois a estrada é LINDA!

 

Trem:

 

A viagem de TGV (trem rápido) direto de Paris até Colmar dura 2h26min. Isso é tão rápido que dá para fazer um bate e volta em Colmar no mesmo dia. (Mas acho muito mais charmoso dormir uma noite lá!)

 

Fiz uma simulação para o mês que vem e encontrei passagens por menos de 100€ (ida e volta). Se quiser comprar bilhetes de trem, compre direto no site da empresa de trens (SNCF), evitando assim comissões e taxas mais caras (clique aqui).

 

A estação de trem de Colmar é bem central, então você não precisa nem alugar um carro.

 

Onde se hospedar

 

O nosso hotel foi o “Pierre et Vacances”, que fica a 5 minutos a pé do centro de Colmar. É uma rede de apart-hotéis que nós achamos ótima! São apartamentos com quarto, sala e cozinha toda equipada. Tudo muito simples, mas novinho e limpo – do jeito que eu gosto!

 

Nós reservamos em cima da hora e pagamos 90€ por dia. Gostamos de viajar assim pois fica mais fácil fazer comida para as crianças e economizamos bastante com restaurantes! No primeiro dia gastamos 60€ no supermercado e foi suficiente para fazer todas as refeições em casa (ainda sobrou!).

 

Ah, no hotel também tem uma piscina coberta e aquecida que as crianças AMARAM!

 

Há muitas outras opções de hospedagem (veja a lista no Booking.com clicando aqui). Passamos em frente a dois hotéis que me pareceram maravilhosos! O primeiro é um que fica bem na entrada do centro histórico – se chama Le Maréchal. (foto abaixo)

 

O outro que nos deixou babando foi o ‘La Maison des Têtes’ – onde também funciona um restaurante muito conhecido. Entrei no pátio do hotel para fazer umas fotos e espiei um pouco lá dentro – muito lindo!

 

 

Passeio de barco

 

Que me segue no instagram já sabe que eu SUPER recomendo o passeio de barco pelo rio Lauch. Nós ficamos absolutamente boquiabertos (olha aí que linguagem chique! Minha professora de português ia ficar orgulhosa!)

 

Enfim... voltando ao assunto: ficamos completamente encantados com o passeio de barco – não deixem de fazer! Custa 6€ por adulto (crianças não pagam) e dura 30 minutos. Eles não aceitam cartão, então leve dinheiro em cash para pagar...

 

 

O que ver na cidade

 

Aqui vai uma listinha com o que você pode ver na cidade (dá pra ver tudo no espaço de poucas horas e a pé):

 

- A pequena Veneza de Colmar

- A Maison des Têtes

- A Catedral de Colmar

- As casinhas com vigas aparentes

- A Maison des Arcades

- A rue des Boulangers

- A rue des Clefs

- O museu Bartholdi (o criador da estátua da liberdade, que nasceu em Colmar)

- O museu Unterlinden

 

 

 

Mas não se preocupe em seguir um itinerário muito rígido. Ao flanar sem rumo pela cidade você vai certamente se deparar com a maioria desses lugares!

 

Voilà! Espero que vocês tenham gostado.

 

Veja o video do nosso passeio abaixo. Aproveite e se inscreva no canal do Let’s Paris no Youtube (clique aqui). Preciso chegar a 100 inscritos para poder personalizar o nome! Kkkkk

 

 

 

Se você tiver alguma dúvida, comente aqui embaixo! E se você já conhece Colmar e tem mais dicas para dividir conosco, comente aqui também: pode ser útil para quem está lendo :)

 

Bisous e até a próxima,

 

Mayra

Please reload

SOBRE O BLOG E A AUTORA

LEIA TAMBÉM:

Please reload