Let's Paris no Instagram

2019 - Lets Paris - Dicas de Paris - Todos os direitos reservados

Let's Paris

Driblando o Fuso: como combater o 'JetLag'

12.02.2017

Numa era em que cruzar o planeta virou algo corriqueiro, é difícil acreditar que nossos corpos não foram feitos para isso. Nesse exato momento estou em Los Angeles visitando a minha irmã e enfrentando uma diferença de Fuso Horário de 9 horas!

 

Desde que me mudei para Paris, driblar o fuso horário virou uma constante na minha vida, e aos poucos fui colecionando dicas que recebi e outras que percebi sozinha. Vou dividir todas aqui com vocês!

 

1. O trabalho começa antes da viagem

 

Não deixe para arrumar suas coisas na madrugada antes do vôo - você vai viajar estressado e o sono no avião nunca vai compensar pelo cansaço de antes.

 

Uma dica é imaginar que o vôo é 48h antes do dia real. Por exemplo, se seu vôo é na sexta de manhã, você tem até quarta de manhã para deixar tudo prontinho como se eu fosse viajar ali. Assim, mesmo que na terça você se canse e durma tarde, você terá mais dois dias para relaxar antes do vôo.

 

Outra tarefa antes da viagem é tentar se acostumar com o fuso do seu país de destino. Assim você pode amenizar algumas horas de fuso. Por exemplo, antes de ir pro Brasil eu sempre começo a dormir e acordar um pouco mais tarde, almoçar mais tarde, jantar mais tarde... Assim quando chego lá o trabalho fica um pouco mais fácil.

 

2. No avião, já adote o horário do seu local de destino

 

Nem sempre dormir no avião é uma coisa boa. Assim que você pisar no avião, já coloque-se no seu horário novo. Se for hora de dormir no seu destino, pode dormir. Se não, a melhor coisa é esperar e manter-se acordado.

 

Vindo para Los Angeles eu passei por isso: em Paris já era 11 da noite, mas em LA ainda eram 2 horas da tarde. Dormi o mínimo possível no avião (umas 2 horas no máximo). Assim, quando cheguei em LA às 9 da noite consegui dormir num horário normal e a noite inteira (mesmo em Paris já sendo 6 da manhã).

 

3. Coma as refeições certas nas horas certas

 

Quando cheguei aqui em LA fiz tudo certinho e consegui dormir às 10 da noite. Acontece que às 3 da manhã eu acordei com uma fome de leão! Minha vontade era comer um prato de arroz com feijão e bife! Mas tomei só um copinho de leite pra enganar o estômago e logo deitei de novo.

Tente comer café da manhã, almoço e jantar na hora local - vai ajudar seu corpo a entender o novo fuso.

 

4. Evite os cochilos

 

O ideal é dormir de noite e ficar acordado de dia. Ou pelo menos não tire sonecas muito longas. Se não aguentar mais, durma 20 ou 30 minutinhos, não mais que isso.

 

Cochilos muito longos podem atrapalhar seu sono à noite e vai ficar mais difícil se acostumar com o fuso horário local.

 

5. Deixe o sol entrar

 

A melhor forma do seu corpo distinguir a noite do dia é o sol.

 

Deixe a luz do dia entrar no seu quarto assim que o sol nascer - dormir com a cortina aberta pode ser uma boa solução. E se você não aguentar e tiver que tirar um cochilo durante o dia, faça isso com a janela beeem aberta e o sol no seu rosto - nada de escurinho!

 

 

6. Missão: Dormir! 

 

Você conseguiu se manter acordado o dia inteiro e agora caiu a noite e chegou a hora de dormir. Adormecer costuma ser muito fácil, pois você está cansado da viagem. O difícil é dormir a noite inteira.

 

Você tem que se esforçar muuuuito para não acordar no meio da noite! Deixe seu quarto bem escuro e desligue qualquer fonte de barulho. Não beba muito líquido logo antes de dormir para não ter que ir ao banheiro. Se acordar durante a madrugada, nada de olhar no celular ou ver a hora. Mantenha-se no escurinho e deitado e tente não despertar! 

 

7. Não fique calculando que horas são "pra você"

 

Entre no novo fuso de cabeça! Se você deitar para dormir às 22h e pensar "pra mim ainda são 5 da tarde", isso só vai te atrapalhar.

 

Engane seu subconsciente e esqueça o horário original.

 

 

 

8. Melatonina

 Essa dica eu nunca tentei, mas sempre penso nela como um SOS caso algum dia eu precise muito. A melatonina é um hormônio naturalmente produzido pelo nosso corpo.

 

Nos primeiros dias da viagem, pode ser um bom auxílio para que seu corpo entenda mais rápido que a noite já caiu. Tome um comprimido assim que a noite cair, e você terá mais chances de conseguir dormir a noite inteira (consulte seu médico).

 

 

9. Beba muita água

 

Sim, sua mãe está certa: você precisa beber mais água!

 

Beber muita água vai evitar a desidratação, inimiga número 1 na luta contra a diferença de fuso. Quando saímos da nossa rotina é fácil esquecermos de tomar água e muitos viajantes acabam se desidratando - cuidado! 

 

 

 

10. Keep Moving

 

Quando você chegar no seu destino, mexa-se até a hora de dormir. Se você sentar naquela cama do hotel ou encostar a cabeça no sofá só por 5 minutos você corre o risco de só levantar 3 horas depois, e estragar o plano de dormir na hora certa de noite.

 

Aproveite o dia para passear!

 

 

Se tudo der errado, embarque no trem maluco! Durma na hora que seu corpo mandar e acorde quando ele acordar. Você corre o risco de se encontrar acordado às 3 da manhã ou dormindo a tarde inteira. Aproveite para colocar seus emails em dia na madrugada e ver um lindo nascer do sol onde você estiver!

 

 

Please reload

SOBRE O BLOG E A AUTORA

LEIA TAMBÉM:

Please reload